Vendas do comércio recuam 0,1% em outubro, na contramão das projeções de analistas

08 dezembro 2021


As vendas do comércio varejista apresentaram variação negativa de 0,1% em outubro, na comparação com setembro, de acordo com dados da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) divulgados nesta quarta-feira. Para o IBGE, o resultado indica estabilidade, mas veio distante das expectativas dos analistas.

Economistas ouvidos pela Reuters projetavam avanço de 0,8% no mês. Com o resultado, o setor acumula alta de 2,6% em 12 meses e no ano.

Das oito atividades pesquisadas, cinco apresentaram queda. O segmento de livros, jornais, revistas e papelaria recuou 1,1%, seguido por móveis e eletrodomésticos (-0,5%), combustíveis e lubrificantes (-0,3%) e hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-0,3%).

O segmento de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (-0,1%) também ficou estável na passagem de setembro para outubro.

O gerente da pesquisa, Cristiano Santos, explica que a variação de -0,1% no mês é composta de estabilidade, inclusive em praticamente todas as atividades.

— Não há protagonismo nessa composição para nenhuma delas. Já vimos há alguns meses o setor de hiper e supermercados, que tem um peso grande, puxando o índice para cima. Mas não foi o que aconteceu em outubro, mês em que tivemos um equílibrio entre os setores — explica o gerente da pesquisa, Cristiano Santos.

Inflação reduz consumo
O comércio tem buscado driblar uma série de desafios durante a reabertura econômica. Enquanto o setor lida com a alta do dólar e entraves logísticos, a inflação ao consumidor acelera e já chega a 10,65% em 12 meses.

Depois de uma Black Friday com resultado frustrante, a Confederação Nacional do Comércio (CNC) deve revisar a projeção para retração de até 5% no faturamento no Natal, ante 3,8% de alta, estimada em setembro.

Autor/Veículo: O Globo

Sindipostos-ES

Av. Nossa Senhora dos Navegantes, nº 955, Ed. Global Tower, 21º andar, Enseada do Suá, Vitória-ES CEP: 29050-335

Telefone: (27) 3322-0104 | (27) 99768-3724

@sindipostoses