“Muitas vezes, você não tem meios de resolver”, diz Bolsonaro sobre combustíveis

18 janeiro 2022


O presidente Jair Bolsonaro (PL) comentou nessa segunda-feira, 17, com apoiadores, na volta ao Palácio da Alvorada, a alta no preço dos combustíveis. “É duro. Muitas vezes, você não tem meios de resolver; você fica impotente”, afirmou, ao citar “negociação” sobre o assunto que entrou em pauta hoje, mas sem especificar do que se tratava.

Ao falar sobre combustíveis, Bolsonaro disse que é “preso pela legislação” e que “o aparelhamento não é só de pessoas, é de leis também”. “Quando é decreto, portaria, a gente troca”, afirmou. O presidente voltou a dizer que o aumento do preço do combustível tem a ver com “a roubalheira do passado”.

Hoje, em nota, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), citou um projeto da bancada do PT como proposta para reduzir o preço dos combustíveis. Pacheco prometeu submeter o assunto aos líderes partidários para pautar o texto a partir de fevereiro. Aos apoiadores, Bolsonaro não mencionou especificamente essa proposta.

Lula
Ao criticar indiretamente o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Bolsonaro afirmou que “alguns trabalhadores querem voltar ao que viviam antigamente”. “Eu peguei o Brasil com sérios problemas éticos, morais e econômicos. E quer voltar ao que era antes?”, disse.

Autor/Veículo: O Estado de S.Paulo

Sindipostos-ES

Av. Nossa Senhora dos Navegantes, nº 955, Ed. Global Tower, 21º andar, Enseada do Suá, Vitória-ES CEP: 29050-335

Telefone: (27) 3322-0104 | (27) 99768-3724

@sindipostoses